Sempre o mesmo

10 nov 20180 Comentários

“Pense como exemplo nos tempos de Vespasiano, e você verá todas essas coisas: casar, criar filhos, adoecer, morrer, guerras, banquetes de festas, comércio, agricultura, lisonjear, fingir, suspeitar, planejar, rezar para que outros morram, resmungar sobre o próprio, se apaixonar, acumular fortunas, cobiçar o poder. Agora que a vida deles está morta e acabada. . . os tempos de Trajano, novamente o mesmo. . .

MARCO AURÉLIO, MEDITAÇÕES, 4.32

Um tempo atrás, lendo o livro de Nassim Taleb  Fooled by Randomnes, me deparei com uma ideia que, admito, no momento me deixou chocado.

Taleb disse mais ou menos assim: quando uma tragedia ou algo de ruim acontece conosco,  tendemos a nos perguntar “por que eu?”. Como se esse tipo de coisas somente acontecesse com os outros.

Mas o fato é que temos as mesmas chances que qualquer um de sermos demitidos do emprego, sermos abandonados por nosso par, sofrermos uma doença, ou diretamente morrermos hoje sem prévio aviso.

Por incrível que pareça, não somos especiais. Nenhum de nós é.

Nossos problemas do dia a dia são os mesmos que tinha a pessoa mais poderosa da Terra há dois mil anos, o emperador de Roma. Acho que aceitar esta ideia é muito libertador, pois tira de nossas costas um peso enorme: essa ruminação e sofrimento que vem por acharmos que temos “azar”.

A verdade é que o azar joga um papel importante em nossas vidas. Mas o quê fazer agora? Estamos abandonados ao azar? Não!

Aceitar a ideia de que somos mais um, com os mesmos problemas que os outros, nos ajuda a aceitar os ires e vires da vida, nos faz mais humildes, nos traz paz e nos ajuda a focar no único que podemos controlar: nós mesmos.

Comentários

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Junte-se a mais de 1.000 assinantes e receba o melhor conteúdo para investir seu tempo e seu dinheiro

Receba o checklist via e-mail

Receba o checklist via e-mail

Muito obrigado! Você receberá um email de confirmação e depois será redirecionado à página de download.

Share This