Dois perigos que todo investidor enfrenta (e como vencê-los facilmente)

18 fev 20190 Comentários

A primeira vez que comprei uma ação na bolsa de valores fui invadido por duas fortes emoções ao mesmo tempo. Por um lado a emoção pela possibilidade de ganhar muito dinheiro (afinal de contas é para isso que investimos). Por outro lado, e com igual força, um medo terrível de perder tudo o que tinha investido. Na verdade essas duas sensações, a ganância e o medo, invadem todo investidor sempre que põe seu dinheiro na reta. E já aviso: isso não vai mudar com a experiência.

O estresse gerado por esses dois extremos, que se apresentam o tempo todo, é muito grande. Acredito que, em grande parte, esse estresse é o motivo pelo qual muitas pessoas ainda não investem na bolsa. E é também o motivo pelo qual muitos investidores profissionais têm uma vida tão acelerada e competitiva, e não conseguem dormir tranquilos.

Todo esse estresse, você pensará, fica compensado com o monte de dinheiro que eles ganham. Talvez uns poucos sim. Mas o medo e a ganância são também a maior fonte de más decisões na bolsa, que levam a perder muito dinheiro. Não sei você, mas eu não quero essa vida para mim.

O curioso é que tem um jeito muito simples de lidar com essas duas emoções. Isso não significa que seja fácil. Mas é simples mesmo.

Para entendê-lo você precisa perceber uma coisa muito perigosa que os investidores iniciantes (e diga-se de passagem, muitos investidores profissionais também) fazem após comprar suas ações:

1. Instalam em seu celular um app de bolsa.
2. Adicionam no app a ação que acabaram de comprar.
3. Ficam olhando a variação de valor daquela ação, literalmente, o tempo todo!

Existe uma idealização, por não chamar de admiração, por aquele investidor que aparece nos filmes, de camisa, mangas arregaçadas, gravata solta, um telefone em cada orelha e, o mais importante, duas ou mais telas de computador cheias de gráficos e números que mudam o tempo todo. As pessoas imaginam ele comprando e vendendo o tempo todo… e rico, é claro. Muito rico.

E claro, isso é muito atraente. Mas entenda isto: ficar monitorando a evolução das ações o tempo todo não serve para nada! Em todo caso, serve para deixar você muito estressado e tirar seu sono. Você não vai fazer a cotização subir por muito que olhe para ela e torça.

No curto prazo as ações sobem e descem o tempo todo. Existem inúmeras teorias para explicar por quê isso acontece, mas o fato é, na verdade, que ninguém sabe. Ninguém sabe se amanhã ou daqui a três dias uma ação vai subir ou baixar. Vou repetir para você não esquecer: Ninguém sabe se amanhã ou daqui a três dias uma ação vai subir ou baixar. Não importa que lhe digam que daqui a uma semana vai acontecer um alinhamento dos planetas (eles chamam de fato relevante ou gatilho de investimento) e se você não comprar agora vai perder uma ótima oportunidade.

Preste atenção: eles não sabem. De fato, ninguém sabe. Se soubessem, por quê eles contariam para você? Só precisariam investir sozinhos e ficarem milionários. O que eles estão fazendo é se aproveitando dessas duas emoções, seu medo e sua ganância, para lhe vender alguma coisa (normalmente um pdf que vai lhe fazer rico, teoricamente… só que não).

Warren Buffett, o maior investidor de todos os tempos, deu o melhor conselho para ganhar na bolsa:

“Seja medroso quando todos são gananciosos, e ganancioso quando todos são medrosos”.

Tal é a importância de controlar essas duas emoções ao investir na bolsa. É por isso que suas decisões de investimento (compra) ou desinvestimento (venda) devem se basear única e exclusivamente em uma análise das circunstâncias que rodeiam a empresa, e se isolar o máximo possível de qualquer evento que dispare seu emocional (e é por isso que a análise técnica, que se baseia em adivinhar as emoções e reações de curto prazo de todos os envolvidos no mercado, é pura balela). Qual é a solução então?

Simples: não olhe para o preço das ações! Desinstale todo app de monitoramento de ações que tiver em seu celular ou computador. Obrigue-se a não olhar o preço das ações mais do que uma vez a cada 3 meses (se você conseguir, faça isso somente uma vez por ano). Tenha um plano e, como dizem os americanos, stick to the plan (não se desvie do plano). Como eu disse, é simples, mas não é fácil.

Mas fazer isso irá lhe garantir paz de espírito, noites bem dormidas e evitará que tome decisões emocionais, por medo ou ganância, que o fariam perder muito dinheiro.

Comentários

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Junte-se a mais de 1.000 assinantes e receba o melhor conteúdo para investir seu tempo e seu dinheiro

Receba o checklist via e-mail

Receba o checklist via e-mail

Muito obrigado! Você receberá um email de confirmação e depois será redirecionado à página de download.

Share This