Como controlar o risco no mercado de ações

20 mar 20190 Comentários

Você associa mercado de ações com muito risco? A maior parte das pessoas associa. Mas risco do que? O que os investidores temem é a possibilidade de perder de forma permanente todo ou grande parte do dinheiro investido. Mas o mercado de ações não precisa ser excessivamente arriscado. Igual que não é excessivamente arriscado dirigir um carro de caminho ao trabalho todo dia de manhã… a não ser que você não saiba dirigir. Vamos pensar juntos.

Muitas pessoas acham que ativos mais arriscados têm retornos maiores. Então eles concluem que para ganhar mais dinheiro eles precisam arriscar mais. Esse raciocínio é muito perigoso. Se você pode contar com que um ativo vai lhe fazer ganhar mais dinheiro então por definição esse ativo não é arriscado! A conclusão deste raciocínio deveria ser que você não ganha mais dinheiro arriscando mais, mas sim controlando seu risco (não há ativos sem risco, e não podemos ganhar dinheiro sem nenhum risco em absoluto).

Um dos argumentos usados para dizer que o mercado de ações é muito arriscado é que se trata de um mercado com alta volatilidade. Mas a volatilidade é uma medida estatística. A volatilidade mede as variações, neste caso no preço das ações. Mas qual é o problema da ação mudar de valor? Não é isso justamente o que queremos quando compramos? Se uma ação subir 1% todo dia durante anos ela terá, matematicamente, uma alta volatilidade… e nenhum risco em absoluto!

De fato a volatilidade não é uma equivalência válida para o risco(embora, por ser mensurável seja usada academicamente em seu cálculo matemático), pois ela não consegue englobar todos os aspectos reais do risco. Inclusive eu diria que a volatilidade é boa para o investidor inteligente, pois nos permite aproveitarmos diferenças entre valor e preço (por sinal, é isso que devemos procurar ao investir, moedas de 1 real à venda por 50 centavos).

Mas voltando ao risco, a ideia de que devemos controlar nosso risco para ganhar mais dinheiro, que é contraria às crenças populares, é muito importante para sermos investidores de sucesso. Se queremos que nossos investimentos tenham bons frutos devemos por todos os meios reduzir nosso risco ao investir, isto é reduzir a possibilidade de perda permanente. E isto não é fácil (diversificar pelo fato de diversificar não é uma solução). O problema é que, ao contrario da volatilidade, a possibilidade de perda permanente não pode ser medida. Pode ser estimada, mas não medida.

O motivo disto é simples: o futuro não pode ser previsto. Por ninguém. É impossível. Por isso outra forma de definir o risco é dizendo que podem acontecer mais coisas das que acontecerão.

A pesar desta impossibilidade de prever o futuro, como investidores precisamos posicionar nossos investimentos para os eventos futuros. Para isso necessariamente devemos nos apoiar na probabilidade. O que quero dizer é que devemos estimar que coisas acontecerão mais ou menos provavelmente. Sempre lembrando que isso não significa que saibamos o que vai acontecer. Devemos tentar estar aproximadamente certos, para evitarmos estar exatamente errados. Em palavras de Howard Marks:

“A fim de alcançar resultados superiores, um investidor deve ser capaz – com alguma regularidade – de encontrar assimetrias: casos em que o potencial de subida excede o risco de queda. É disso que trata o investimento de sucesso”.

Então precisamos entender onde está o risco. Precisamos entender que coisas fazem o risco aumentar. E algumas coisas que fazem o risco aumentar são:

  • Aumento do otimismo
  • Aumento da confiança no futuro
  • Fé nos investimentos e nos investidores
  • Queda no nivel de ceticismo
  • Aumento da tolerância ao risco (diminuição da aversão ao risco)
  • Queda nas taxas de juros

Toda vez que alguns itens dessa lista estão presentes o risco aumenta, porque as pessoas deixam de lado a prudência. Pense por exemplo que estamos na España, meu país, um ano antes da crise financeira de 2008:

  • Os preços dos imóveis e a bolsa estão em máximos históricos.
  • A pessoas compram imóveis a qualquer preço porque consideram que os preços sempre vão continuar subindo.
  • Todos consideram que sempre vão ter seu emprego, e sempre vão ganhar mais (afinal das contas tinha sido assim nos 10 anos anteriores), então entram em financiamentos de 30 anos.
  • Os investidores compram ações a qualquer preço independentemente da qualidade da empresa que está por trás (eu fui um deles) .
  • As taxas relativamente baixas de juros reduzem o custo de investir ao mesmo tempo que levam os investidores a arriscar mais na procura de maiores retornos.

E esse padrão se repete em absolutamente todas as crises: são os excessos e a falta de prudência da etapa do auge as que dão lugar à crise. É quando tudo está indo muito bem que devemos ser prudentes.

Como podemos controlar o risco na prática?

Se prestamos atenção a cenários em que estejam presentes as condições acima e agimos em consequência, já estaremos um passo à frente do mercado. Outras estratégias que todo investidor deveria seguir são:

  • Invista com uma margem de segurança: se você estima que algo vale 10, tente comprar por 5 para evitar possíveis erros em sua estimativa do valor.
  • Invista para o longo prazo: no curto prazo as flutuações de preço são imprevisíveis, mas no longo prazo valor e preço tendem a coincidir.
  • Invista dentro de seu círculo de competência: invista somente em ativos que entenda, estude as empresas que estão por trás das ações e entenda como elas ganham dinheiro. Evite, por tanto, todo e qualquer investimento cujo valor você não consiga explicar de forma simples.
  • Lembre a máxima do Warren Buffett: a menor prudência com que os outros conduzem seus negócios, maior a prudência com a qual devemos conduzir nossos próprios assuntos.
  • PS: recomendo muito que você leia a carta do Howard Marks escrita em 2014. É um verdadeiro MBA sobre risco nos investimentos.

    Comentários

    0 comentários

    Enviar um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado.

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

    Junte-se a mais de 1.000 assinantes e receba o melhor conteúdo para investir seu tempo e seu dinheiro

    Receba o checklist via e-mail

    Receba o checklist via e-mail

    Muito obrigado! Você receberá um email de confirmação e depois será redirecionado à página de download.

    Share This