A arte de ensinar empreendedorismo e inovação

18 dez 20110 Comentários

O titulo do post de hoje é o titulo de uma palestra que Tina Seelig deu na universidade de Stanford e é dela que tirei as idéias. Pediram para Tina dar uma semana de aula na qual os alunos entendessem os princípios gerais e as idéias do pensamento empreendedor. Na primeira tarefa Tina deu para os alunos, para cada equipe, um envelope com dinheiro para investir, com a missão de conseguir a maior quantidade de dinheiro possível. Ela deu para os alunos $5,00 e 2 horas.

Quanto dinheiro você poderia conseguir con $5,00 e 2 horas? O que você faria? Muitas pessoas pensariam em comprar um bilhete de loteria ou alguma coisa do estilo. Mas um empreendedor olharia para o problema de uma forma diferente. Perceberia que os $5,00 são, na realidade uma limitação. O certo seria olhar para o monte de recursos que todos temos e para as oportunidades que estão ao nosso redor. Por isso a equipe que ganhou simplesmente não usou os $5.

Uma das equipes colocou um stand na universidade por onde passam muitos estudantes de bicicleta e ofereceram medir a pressão dos pneus de graça. No caso que a pessoa quisesse encher os pneus com ar, eles cobrariam 1 dolar. Mas depois perceberam que as pessoas ficavam realmente agradecidas com este serviço e decidiram mudar a estratégia: em lugar de pedir um dolar por encher os pneus pediram doações. E perceberam que as pessoas pagavam bem mais do que um dolar! Terminaram a tarefa com mais de $200,00 em duas horas.

Tem outra coisa interessante neste experimento: como a Tina explica, eles poderiam ter ficado no quarto escrevendo um plano de negócios e nunca teriam descoberto que as pessoas iriam pagar mais pedindo doações do que pedindo um dolar. Lição: criar seu protótipo de negócio o mais rápido possível, testar ele logo e mudá-lo tantas vezes como for necessário traz muito melhores resultados do que escrever um complexo plano de negócios que, sinceramente, ninguém vai ler.

Mas a equipe que ganhou foi a equipe que questionou todas e cada uma das premissas. Eles perceberam que o mais valioso que tinham não eram nem os $5,00 nem as duas horas. O mais valioso que eles tinham eram os 3 minutos de que iriam dispor para apresentar sua experiência na sala de aula. E venderam esse tempo por $650,00 para uma empresa que precisava contratar estudantes. Lição aprendida: com freqüência olhamos para os problemas de uma forma muito restrita e se tentamos sair dessa caixinha uma e outra vez percebemos que, por um lado, temos recursos muito mais valiosos do que poderíamos imaginar e, por outro lado, que nossas habilidades e as oportunidades ao nosso redor são maiores do que imaginamos.

Comentários

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Junte-se a mais de 1.000 assinantes e receba o melhor conteúdo para investir seu tempo e seu dinheiro

Receba o checklist via e-mail

Receba o checklist via e-mail

Muito obrigado! Você receberá um email de confirmação e depois será redirecionado à página de download.

Share This